Notícia

Faça Pinhão Brilhar: Comissão julgadora inicia visitas nesta segunda

segunda, 16 de dezembro de 2019

Uma comissão julgadora formada com 10 pessoas da comunidade iniciam hoje, 16/12, as visitas às residências e estabelecimentos comerciais que se inscreveram na campanha da ACIAP, Faça Pinhão Brilhar neste Natal.

Os inscritos serão analisados  entre os dias 16 e 21 de dezembro no período noturno das 19h30 às 22h. “As iluminações deverão estar acessas no momento da visita, se as luzes estiverem apagadas, não será solicitado para serem acesas”, explicou o empresário Pierry Guimarães Ferrari, coordenador do concurso.

A comissão irá julgar critérios como a iluminação, criatividade, harmonia e originalidade. Pierry ressalta que “a iluminação terá peso dois este ano, já que o nosso tema é Natal iluminado”. Os vencedores levarão para casa prêmios em dinheiro, sendo R$500,00 para o primeiro lugar, R$300,00 para o segundo e R$200,00 para o terceiro, além de que cada um ganha um cupom da campanha NATAL BOLSO CHEIO que irá sortear R$ 20 mil em prêmios. A premiação é a mesma para as duas categorias e será entregue dia 04 de janeiro de 2020.

As inscrições iniciaram dia 01 de novembro e finalizaram dia 10 de dezembro. “Inicialmente o prazo seria até o dia 01 de dezembro, mas após a divulgação, várias pessoas nos procuram porque tinham interesse, porém não conseguiram fazer a inscrição até a data, ai resolvemos dar um prazo maior”, disse Pierry.

 Segundo ele, a prorrogação do prazo foi determinante no aumento das inscrições. “No total, fechamos a categoria residencial com 8 casas e a categoria comercial com 16 comércios e ficamos muito felizes com isso. A campanha veio para abrilhantar nossa cidade, nossas empresas, nossas vidas. Natal é um momento maravilhoso para celebrar e agradecer. A campanha tem o objetivo de despertar ainda mais este momento de luz e magia. A ACIAP quis enriquecer este momento. Uma luz que brilhe em nossas empresas ou casas faz com que a magia entre e ilumine nossas noites, trazendo cor, luz, alegria e harmoniza”.

 

Fonte: